terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Ônibus que usa gás proveniente de dejetos de aves é testado em Foz

02/12/2014 - Envolverde

Com motor dedicado tanto ao gás natural quanto ao biometano, ele emite 70% menos poluentes que o similar a diesel, é mais silencioso e tem autonomia para rodar 300 km

Teste do ônibus movido a biometano
créditos: Marcos Labanca/Gazeta do Povo

A Scania colocou em circulação no País o primeiro ônibus movido a biometano da história da indústria de veículos comerciais. A iniciativa é fruto de parceria da fabricante sueca com a Itaipu Binacional, o Centro Internacional de Energias Renováveis-Biogás (CIBiogás-ER), a Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI) e a Granja Haacke, de Santa Helena (PR), responsável pelo fornecimento do biometano. Produzido a partir de dejetos de aves poedeiras, o gás é filtrado e envasado, antes de ser transportado para Foz do Iguaçu, primeira cidade onde o ônibus foi utilizado em demonstração.

"Fabricado na Suécia, o veículo atende à normativa Euro 6 e é considerado um dos mais modernos do transporte público do mundo, com motor dedicado ao uso tanto do com gás natural veicular (GNV) quanto do biometano como combustível. Ele emite 70% menos poluentes que um similar a diesel", explica Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Ônibus da Scania no Brasil. O ônibus seguirá para os estados do Rio Grande do Sul, São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro para mostrar a aplicação da tecnologia em rotas urbanas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário