sexta-feira, 18 de julho de 2014

Em Curitiba, Passageiros economizam tempo e aprovam faixa exclusiva para ônibus na Rua XV de Novembro

17/07/2014 - Urbs

Passageiros de linhas urbanas e metropolitanas que circulam pela Rua XV de Novembro estão aprovando a faixa exclusiva para ônibus recém-implantada no trecho entre a Praça das Nações e a Rua João Negrão. A faixa tornou os deslocamentos mais rápidos e reduziu o tempo de viagem para quem reside ou trabalha na região, ou passa por ela a caminho de seus compromissos.

Graças à faixa, os coletivos trafegam livres, com maior rapidez, permitindo que o usuário saia de casa em horários mais próximos do começo da jornada. O corredor exclusivo beneficia 53,5 mil passageiros transportados ao dia por 12 linhas do transporte coletivo que utilizam a Rua XV de Novembro, no trecho de três quilômetros entre a Avenida Nossa Senhora da Luz e a Rua João Negrão.

"Essa faixa exclusiva é uma bênção para quem vem do bairro ao centro todos os dias, porque dá prioridade ao ônibus sobre o automóvel. Dá para cumprir os compromissos e sobra tempo para uma compra ou uma visita", diz a administradora Marianna Woislaw Nascimento.

Marianna usa duas vezes ao dia a linha Detran-Vicente Machado, e desde a implantação da faixa exclusiva diz que o ganho de tempo é de cerca de 15 minutos por viagem. "Posso terminar as atividades caseiras com mais calma e depois ir para o trabalho, ou então chegar mais cedo em casa no fim da tarde", explica.

A opinião da administradora é compartilhada por Luiz Cezar Pereira, que presta serviços de Consultoria ao Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (DNIT), cujas instalações ficam na Avenida Victor Ferreira do Amaral, ao lado do viaduto da BR-476.

Pereira também é usuário da mesma linha, duas a quatro vezes por dia, e acredita que a faixa exclusiva permite deslocamentos não só mais rápidos, como também mais seguros. "A velocidade média dos ônibus aumentou e os passageiros viajam em segurança, graças à faixa que dá prioridade aos coletivos", diz.

Normas

Ao longo da faixa exclusiva para ônibus, a passagem de outros veículos é permitida apenas para acesso de moradores, nos trechos próximos a garagens de casas e prédios localizados no lado direito da Rua XV de Novembro. Os táxis podem entrar na faixa exclusiva para levar ou pegar passageiros, mas não podem estacionar nessa faixa – devem adentrar as guias rebaixadas existentes e permanecer apenas o tempo necessário para o embarque e desembarque de passageiros.


Para as conversões à direita de veículos, foram criados espaços de 20 metros, localizados um pouco antes do cruzamento, com uma linha pontilhada separando as faixas, ao invés dos tachões. Os motoristas e motociclistas podem passar para a faixa exclusiva apenas nesses trechos – respeitando o fluxo dos ônibus, que têm a preferência –, para depois fazer a conversão à direita.

A intenção da Prefeitura é implantar faixas exclusivas para ônibus em outros pontos da cidade, melhorando a operação do transporte coletivo e o fluxo de tráfego em ruas e avenidas mais congestionadas.

Com informações da URBS

Nenhum comentário:

Postar um comentário