terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Corredor Aeroporto-Rodoferroviária é principal obra de mobilidade

11/10/2012 - Padrão

A única grande obra de mobilidade em andamento em Curitiba (PR) visando à Copa do Mundo é a requalificação do Corredor Aeroporto-Rodoferroviária. Partindo do terminal aeroportuário Afonso Pena até o centro da capital paranaense, os trabalhos já começaram somente no trecho dentro do município de Curitiba - as obras do trecho no município de São José dos Pinhais ainda não foram licitadas. A intervenção faz parte do PAC da Copa.

As obras em andamento no corredor incluem a construção do viaduto estaiado fazendo a transposição da avenida Comendador Franco (mais conhecida como avenida das Torres) pela rua Francisco Heráclito dos Santos - o cruzamento é um dos mais movimentados da cidade.

O viaduto será suspenso por 21 cabos, ancorados por um pilar de 69 m de altura. O tabuleiro do viaduto terá 25 m de largura com quatro faixas de circulação, duas em cada sentido da via. Além das pistas, o viaduto terá ciclovia nas duas laterais.

A avenida das Torres, principal ligação de Curitiba ao aeroporto e que faz parte do corredor, terá calçadas refeitas, que darão espaço a uma ciclovia com total de 20 km. Melhorias na iluminação também estão previstas no projeto.
Os trabalhos foram iniciados em junho pelo consórcio integrado pelas empresas paranaenses JMalucelli e CR Almeida. A previsão de entrega é de um ano. O custo da obra nesse trecho é de R$ 94,7 milhões. Já o custo da obra do trecho ainda não licitado do corredor Aeroporto-Rodoferroviária é de R$ 48 milhões.

Fonte: Padrão

Nenhum comentário:

Postar um comentário