sexta-feira, 1 de abril de 2011

Frota terá até julho 544 novos ônibus Modernos, mais confortáveis e seguros

28/03/2011-Agência Curitiba

Curitiba vai ganhar nos próximos quatro meses 544 ônibus zero quilômetro, o que representa 29% dos 1.915 veículos da frota operante da Rede Integrada de Transporte. Os primeiros 97 ônibus novos serão entregues pelo prefeito Luciano Ducci nesta terça-feira (29), dia em que a cidade completará 318 anos.
 
Modernos, seguros e confortáveis, os novos ônibus fazem parte de um projeto de melhorias do transporte coletivo iniciadas no ano passado, quando a cidade ganhou o Ligeirão Boqueirão, nova bilhetagem eletrônica, dois novos pontos de integração do sistema e a entrada em operação de 40 articulados na frota do Inter 2 linha que excluindo o Expresso, é a mais carregada do sistema, com 77 mil passageiros por dia.

A Rede Integrada de Transporte atende Curitiba e 13 municípios da Região e registra, por dia 2,3 milhões de passageiros em 350 linhas com 1.915 ônibus. No total, são 81 quilômetros de canaletas, 30 terminais (21 urbanos e nove metropolitanos) e 364 estações tubo. Somados, os ônibus percorrem por dia 490 mil quilômetros em 21 mil viagens.

Confira abaixo algumas das melhorias do transporte coletivo:

Ligeirão Boqueirão – Linha Direta Expressa entrou em operação em março, reduzindo em 15 minutos o tempo de viagem entre o bairro e o centro.

Integração Temporal – Integração feita com o cartão transporte nas estações São Pedro, da Linha Verde; e Santa Quitéria, no bairro do mesmo nome. A novidade permite que o usuário desembarque do ônibus de um lado da rua e entre na estação no outro lado, sem pagar nova passagem.

Ônibus novos – No ano passado Curitiba ganhou 189 ônibus zero quilômetro, uma renovação de quase 10% da frota operante, o que contribui com o meio ambiente, porque os novos ônibus têm motores menos poluentes. A idade média da frota atualmente está em 4,6 anos.

Inter 2 – Os 77 mil passageiros desta que é uma das linhas mais conhecidas da cidade foram beneficiados  com aumento da oferta de lugares em 20%. É que 40 dos 70 ônibus da frota do Inter 2 passaram a ser articulados. As 28 estações do Inter 2 foram ampliadas em 50%, passando a ter três portas.

Crédito fácil – Desde agosto, quem usa cartão transporte já não precisa procurar os antigos carregadores de crédito. Agora, a carga é automática, feita no próprio validador que libera a catraca do ônibus, estação ou terminal. Mais rápido, mais fácil e mais seguro.

Biocombustível – Iniciado em agosto de 2009, com seis ônibus que percorriam 15 mil quilômetros com 20 mil litros de combustível por mês o projeto foi ampliado passando a 60 mil quilômetros. Agora, será ampliado novamente, passando a ser usado por 30 ônibus que vão percorrer 220 mil quilômetros e usar cerca de 200 mil litros de combustível por mês. A redução na emissão de poluentes é de 50% em relação aos ônibus convencionais.

Hibribus – Curitiba foi a cidade brasileira escolhida para o teste do primeiro ônibus híbrido da Volvo, movido com motor elétrico e a diesel/biodiesel, com economia de combustível de 54,68% na média km/l. A projeção anual é de redução de 32 toneladas na emissão de monóxido de carbono; 473 kg de óxido de nitrogênio; e 11,2 kg de material particulado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário