terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Richa e Ducci inauguram o Ligeirão, novo ônibus expresso que liga o Boqueirão ao Centro

29/03/2010 - Prefeitura Municipal de Curitiba

O prefeito Beto Richa e o vice-prefeito Luciano Ducci inauguraram nesta segunda-feira, 29, aniversário de 317 anos de Curitina, a nova linha de ônibus Ligeirão Boqueirão. Com o novo ônibus, será possível encurtar o tempo de viagem, entre o Boqueirão e o Centro, em pelo menos 15 minutos.

Richa e Ducci fizeram a viagem inaugural do Ligeirão, que tem apenas três paradas: nos terminais Hauer e Carmo e na Estação Cefet. Depois da viagem inaugural, o prefeito almoçou no Restaurante Popular Matriz, na praça Rui Barbosa.

"Este é mais um avanço do transporte coletivo, que procura oferecer mais conforto e agilidade no transporte de passageiros. É um presente da Prefeitura no dia do aniversario de 317 anos da cidade", disse Richa, acompanhado da presidente da Fundação de Ação Social, Fernanda Richa. 

O Ligeirão é um ônibus expresso articulado que terá capacidade de transportar até 40 mil pessoas por dia útil. Estimativas da Urbanização de Curitiba (Urbs) é que, em média, passe um Ligeirão a cada quatro minutos nos horários de pico.

Para tornar a viagem mais rápida, foram deslocadas as estações-tubos, permitindo a ultrapassagem nas paradas. "A viagem é muito mais rápida, o que permite que os passageiros ganhem tempo para outras atividades", afirmou Ducci.

O novo ônibus tem como pontos de chegada e saída o terminal Boqueirão e a praça Carlos Gomes, os mesmos pontos de chegada e saída do expresso Boqueirão convencional, que faz 17 paradas. A estimativa da Urbs é que parte dos usuários do expresso Boqueirão migre para o Ligeirão. A previsão é que pelo menos 40 mil dos 70 mil passageiros usem o novo ônibus.

O Ligeirão também será uma excelente opção para quem se desloca neste trajeto pelos ligeirinhos Sítio Cercado e Boqueirão-Centro Cívico. É que os ligeirinhos compartilham seus trajetos - paralelos aos eixos - com o trânsito em geral, enquanto o Expresso, que é o caso do Ligeirão, segue pelas canaletas.

O Ligeirão Boqueirão fará 15 viagens por hora o que significa um ônibus chegando a cada quatro minutos, com aumento de 10,4% na oferta de ônibus nos horários de maior movimento - início da manhã e fim da tarde. A linha estará em observação permanente para adequações e aumento de frota que se fizerem necessários, levando em consideração, por exemplo, a migração de passageiros dos ligeirinhos.

Os passageiros aprovaram a nova linha de ônibus. Para o mecânico Thiago Cerqueira Silva, o Ligeirão vai facilitar sua vida. "Tenho que pagar muitas contas no Centro e agora vou fazer isto bem rápido", disse. Outra pessoa contente é aposentada Ana Medeiros. "Quando perder um ônibus vou ter outra opção para chegar ao Centro", afirmou.

Maior capacidade - A entrada do Ligeirão em operação representa um aumento de pelo menos 50% na capacidade da canaleta. Onde antes poderiam passar dois ônibus em sentido contrário, agora podem passar três. Para que isso fosse possível foi preciso reformar toda a avenida Marechal Floriano Peixoto que, desde o ano passado, passou a abrigar também a linha expressa Pinheirinho-Carlos Gomes, da Linha Verde Sul.

A partir da reforma, as canaletas ganharam trechos de ultrapassagem, o que foi possível com o desalinhamento das estações que antes ficavam frente a frente nos dois lados da canaleta e agora ficam alguns metros adiante. Assim, mesmo que um ônibus - Boqueirão ou Pinheirinho-Carlos Gomes - esteja parado na estação, o Ligeirão poderá seguir em frente, fazendo a ultrapassagem, sistema que poderá futuramente ser levado a outros eixos. Além do Boqueirão e Linha Verde, Curitiba tem mais quatro eixos de transporte Norte (formado pelas avenidas Paraná e João Gualberto); Sul (Winston Churchill, República Argentina e Sete de Setembro); Oeste (Padre Anchieta) e Leste (Affonso Camargo).

A implantação do Ligeirão é um novo avanço no sistema de corredores exclusivos implantado em 1974, à época inédito no mundo. Atualmente existem, em todo o mundo, 60 sistemas semelhantes, 13 deles na América Latina.

A evolução do sistema em Curitiba permitiu, nos anos seguintes, a integração do transporte (permitindo o uso de mais de um ônibus com uma única passagem); da tarifa única e a inclusão de 13 municípios da Região Metropolitana no Sistema Integrado.

No início da década de 90 entraram em operação os Ligeirinhos (Linha Direta) com trajetos paralelos às canaletas e os ônibus biarticulados, ampliando a oferta de lugares. No ano passado, o prefeito Beto Richa ampliou o sistema de canaletas com a inauguração, na Linha Verde Sul, da linha Pinheirinho-Carlos Gomes, a primeira linha do Expresso desde a implantação do Circular Sul em 1999. A novidade agora é o aumento da capacidade das canaletas, o que permite a operação de linhas diretas em corredores exclusivos.

Restaurante Popular - Após a inauguração do Ligeirão, Beto Richa e Luciano Ducci almoçaram no Restaurante Popular Matriz, na praça Rui Barbosa, no Centro. No almoço, Richa comunicou aos usuários da abertura do novo Restaurante Popular Bairro Novo, que tem capacidade de servir mil almoços por dia. "Em breve, Curitiba ganhará mais dois restaurantes populares, nos bairros CIC e Pinheirinho, oferecendo comida de qualidade para os curitbanos", afirmou Richa.

No almoço, foi servido arroz, feijão, estrogonofe, saladas e maçã. Para a aposentada Elci Woiski, a comida é tão boa, que atrai uma monte de pessoas no restaurante. "A comida é de qualidade e vir comer aqui é uma mão na roda, pois como bem e não preciso cozinhar", disse.

Participaram da inauguração do ônibus e almoçaram no Restaurante Popular o deputado federal, Gustavo Fruet e os vereadores Fernardo Garcez, Tico Kuzma, Felipe Braga Cortes e Denilson Pires.

Nenhum comentário:

Postar um comentário