segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

PAC da Copa: Prefeitura investirá R$ 222 milhões em obras de mobilidade

23/09/2010 - Prefeitura de Curitiba



O prefeito Luciano Ducci e o ministro das Cidades, Marcio Fortes, assinaram nesta quinta-feira (23) contratos para investimento de R$ 222 milhões em obras de mobilidade urbana em Curitiba, para a Copa do Mundo FIFA de 2014. Os recursos virão para a Prefeitura como empréstimo do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). "Daqui a dois anos a cidade estará bem diferente, e ainda melhor. Assinamos contratos para obras importantes e estruturantes que ficarão para a cidade, como legado da Copa", disse o prefeito Luciano Ducci.

"Aproveitamos a Copa para investir na área da mobilidade nas cidades-sede. É fundamental darmos condições para os brasileiros e estrangeiros se deslocarem para assistirem às partidas do Mundial", definiu Marcio Fortes.

Os contratos foram assinados com a Caixa Econômica Federal, representada pelo vice-presidente, Jorge Hereda, o superintendente regional, Hermínio Basso, e do gerente regional de Governo, Adriano Borges Resende.

Os contratos assinados são para as seguintes obras: corredor Aeroporto/Rodoferroviária (Avenida das Torres); requalificação da Estação Rodoferroviária e seus acessos; corredor da Avenida Cândido de Abreu; extensão da Linha Verde Sul; requalificação do corredor da avenida Marechal Floriano Peixoto; Sistema Integrado de Mobilidade (uma rede inteligente de organização de trânsito); e a reforma e ampliação do terminal de ônibus Santa Cândida.

O presidente da Câmara Municipal de Curitiba, vereador João Claudio Derosso, falou sobre a importância dos contratos assinados. "A Copa é importante para a cidade e traz grandes obras para a população", disse. Secretários municipais e vereadores acompanharam a solenidade.

Obras para a Copa de 2014

- Corredor Aeroporto/Rodoferroviária
investimento: R$ 65.789.473,68
Financiamento R$ 62.500.000,00
Recursos Prefeitura R$ 3.289.473,68
As obras terão uma extensão de 10 mil metros na Avenida das Torres, entre a rua Engenheiros Rebouças até a divisa com São José dos Pinhais.

- Corredor avenida Cândido de Abreu
investimento: R$ 5.157.894,74
Financiamento R$ 4.900.000,00
Recursos da Prefeitura R$ 257.894,74
A obra consiste numa intervenção total na via, refazendo-se os passeios laterais, mais a criação de um calçadão central para pedestres com largura média de 17 metros, onde serão implantadas as estações de embarque e desembarque de passageiros e equipamentos públicos.

- BRT extensão da Linha Verde Sul
investimento: R$ 19.473.684,21
Financiamento R$ 18.500.000,00
Recursos Prefeitura R$ 973.684,95
A obra proposta consiste em estender a Linha Verde Sul, do Pinheirinho, até o Contorno Sul, com as mesmas características.

- Requalificação do corredor Marechal Floriano -
investimento: R$ 21.052.631,58
Financiamento R$ 20.000.000,00
Recursos da Prefeitura R$ 1.052.631,58
A obra proposta consiste na recuperação do eixo no trecho entre o Terminal do Carmo e a Rua Pastor Antônio Polito (2.350,00 metros), e a duplicação, com implantação de canaleta exclusiva para ônibus, até a divisa com São José dos Pinhais (1.650,00 metros). Também será alargado o viaduto que cruza a estrada férrea.

- Requalificação da Rodoferroviária e seus acessos
Investimento: R$ 36.842.105,26
Financiamento R$ 35.000.000,00
Recursos prefeitura municipal R$ 1.842.105,26
A obra proposta consiste na reforma e ampliação do prédio (subsolo, térreo, pavimento superior e cobertura), áreas de estacionamento, acesso de veículos e pedestres e um viaduto ligando Av. Affonso Camargo à Av. Comendador Franco.

- Reforma e ampliação do Terminal Santa Cândida
Investimento: R$ 12.631.578,95
Financiamento R$ 12.000.000,00
Recursos da Prefeitura R$ 631.578,95
A obra consiste na ampliação do terminal, na recuperação da cobertura, substituição dos pisos das plataformas e na melhora das condições de acesso e segurança dos usuários entre outros.

- Sistema Integrado de Mobilidade - SIM
Investimento: R$ 61.263.157,89
Financiamento: R$ 58.200.000,00
Recursos da Prefeitura: R$ 3.063.157,89
As obras consistem em ações e atividades de planejamento, operação, fiscalização, controle e coleta de dados, além de informações aos usuários, através de sistemas e equipamentos diversos, com prioridade para o transporte coletivo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário