segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Obras serão o legado da Copa 2014 para Curitiba

17/10/2010 - Paraná Online


A Prefeitura de Curitiba investirá mais R$ 222 milhões em obras de mobilidade urbana para a Copa 2014. Os recursos virão de empréstimos pelo PAC da Copa, cujos contratos foram assinados em setembro por Prefeitura, Ministério das Cidades e Caixa Econômica Federal. São obras importantes e estruturantes que ficarão para a cidade, como legado da Copa.

Os contratos assinados são para as seguintes obras: corredor Aeroporto/Rodoferroviária (Avenida das Torres); requalificação da Estação Rodoferroviária e seus acessos; corredor da Avenida Cândido de Abreu; extensão da Linha Verde Sul; requalificação do corredor da avenida Marechal Floriano Peixoto; Sistema Integrado de Mobilidade (uma rede inteligente
de organização de trânsito); e a reforma e ampliação do Terminal Santa Cândida.
As obras do Sistema Integrado de Mobilidade (SIM) melhoram o trânsito e terão investimento de R$ 61 milhões. Consistem em ações e atividades de planejamento, operação, fiscalização, controle e coleta de dados, além de informações aos usuários, através de sistemas e equipamentos eletrônicos diversos, com prioridade para o transporte coletivo.

Nova Avenida das Torres


Avenida das Torres será revitalizada para melhorar acesso ao aeroporto.
Uma das principais obras do PAC da Copa será a revitalização da Avenida das Torres, melhorando o corredor de acesso entre Aeroporto Afonso Pena e Rodoferroviária. O investimento será de R$ 65.789.473,68.

As obras da Prefeitura terão uma extensão de 10 mil metros na Avenida das Torres, entre a rua Engenheiros Rebouças até a divisa com São José dos Pinhais. De São José até o aeroporto Afonso Pena, a obra será feita pelo Governo do Estado.

Um dos projetos é também abrir o acesso da Avenida das Torres até a Rodoferroviária, no bairro Rebouças, com abertura de um novo trecho de rua, para quem vem do aeroporto. Para isso, será preciso reduzir o tamanho da subestação da Copel junto a Rodoferroviária. Este estudo está sendo feito para definir a viabilidade do projeto.

Ciclofaixa na Marechal Floriano


Avenida Marechal Floriano terá ciclofaixa e asfalto novo.
A Marechal Floriano será revitalizada, e ganhará ciclofaixa. O investimento da Prefeitura será de R$ 21 milhões. A obra proposta consiste na recuperação do eixo no trecho entre o Terminal do Carmo e a Rua Pastor Antônio Polito (2.350,00 metros), e a duplicação, com implantação de canaleta exclusiva para ônibus, até a divisa com São José dos Pinhais (1.650,00 metros).
Também será alargado o viaduto que cruza a estrada férrea. A ciclofaixa conectará ciclovias da cidade, criando uma rota ligando diferentes partes da cidade.
No trecho da simulação, quem usar a ciclofaixa pode seguir do terminal do Hauer até o parque São Lourenço, passando pela ciclovia das ruas Aloizio Finseto, João Negrão, avenida Mariano Torres, Passeio Público o parque São Lourenço. A ciclofaixa também ligará à ciclovia da Linha Verde.

Reforma no terminal Santa Cândida

Outra obra garantida pelo Programa de Aceleração do Crescimento da Copa é a reforma e ampliação do Terminal Santa Cândida, na Regional Boa Vista, um dos principais da cidade.
O investimento da Prefeitura de Curitiba será de R$ 12 milhões, com recursos de empréstimo do PAC. A obra consiste na ampliação do Terminal Santa Cândida, na recuperação da cobertura, substituição dos pisos das plataformas e na melhora das condições de acesso e segurança dos usuários entre outros. Nos últimos dois anos, a Prefeitura tem feito obras de recuperação de todos os outros terminais da cidade.

Como vai ficar a Avenida Cândido de Abreu após a revitalização?


Cândido de Abreu será o novo calçadão de Curitiba.
A Avenida Cândido de Abreu será o novo calçadão de Curitiba. O calçadão será implantado no canteiro central da avenida, desde o Shopping Mueller até a Prefeitura.
A obra consiste numa intervenção total na via, refazendo-se as calçadas laterais, mais a criação de calçadão central para pedestres com largura média de 17 metros, onde serão implantadas as estações de embarque e desembarque de passageiros e equipamentos públicos. Os ônibus passarão ao lado do calçadão. O investimento será de R$ 5,1 milhões.

Obras na Rodoviária

A revitalização da Rodoferroviária vai ser feita pela Prefeitura. A obra consiste na reforma e ampliação do prédio (subsolo, térreo, pavimento superior e cobertura), áreas de estacionamento, acesso de veículos e pedestres e um viaduto ligando Av. Affonso Camargo à Av. Comendador Franco.

R$ 45 milhões em obras

Curitiba terá mais R$ 45 milhões para obras, que serão a parte da adequação financeira do governo estadual repassada à Prefeitura de Curitiba, a fundo perdido, como investimento em obras na cidade para a Copa.
Entre essas obras estão a ligação Capão da Imbuia/Cabral; obras na rua Raul Pompéia; na avenida Salgado Filho; no entorno da Arena e melhorias na micro e macro drenagem perto do estádio.

Mais Linha Verde

A Prefeitura vai ampliar a Linha Verde na região sul, com investimento de R$ 19 milhões. A obra proposta consiste em estender a Linha Verde Sul, do Pinheirinho, até o Contorno Sul, com as mesmas características, pistas amplas e novo asfalto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário