terça-feira, 10 de agosto de 2010

Na homologação da primeira licitação do transporte, Luciano Ducci destaca avanços no setor e anuncia 100 ônibus novos

Prefeito Luciano Ducci assina homologação da licit ...Publicado em 09/08/2010 às 11:28


O prefeito Luciano Ducci destacou nesta segunda-feira (9), durante a homologação da primeira licitação do transporte coletivo de Curitiba, os avanços para o sistema. "É um momento histórico, pois estamos concluindo a primeira licitação de um sistema que funciona há quase 60 anos", disse Luciano Ducci. "A licitação é resultado de um processo participativo, que resultará em benefícios diretos aos passageiros do transporte público e mais transparência aos contratos."

Na cerimônia de homologação, assinada pelo presidente da Urbs (Urbanização de Curitiba S/A), Marcos Isfer, foi anunciada a autorização para a compra de mais 100 novos ônibus, que irão aumentar a frota do transporte coletivo.
"A sustentabilidade social, ambiental e econômica são os pilares dessa licitação, combinando menor custo e a qualidade do serviço prestado aos cidadãos. A licitação dará ainda mais qualidade ao um sistema que já é referência dentro e fora do país", disse Isfer.
Os contratos com os três consórcios vencedores - Pontual, Pioneiro e Transbus - serão assinados nos próximos 30 dias. A previsão é de que as 11 empresas que integram os consórcios iniciem os serviços licitados 90 dias depois da assinatura dos contratos.
O Consórcio Pontual é formado pelas empresas Transporte Coletivo Glória, Auto Viação Marechal, Auto Viação Mercês e Auto Viação Santo Antonio; o Consórcio Transbus é integrado pelas empresas Auto Viação Redentor, Araucária Transporte Coletivo e Expresso Azul; e o Consórcio Pioneiro pelas empresas Viação Cidade Sorriso, Viação Tamandaré, Auto Viação São José e CCD-Transporte Coletivo.
A licitação previu a operação de todas as linhas de transporte coletivo de Curitiba. São 250 linhas do sistema principal e 52 complementares - Linha Turismo e Sistema Integrado de Transporte do Ensino Especial (Sites). São do sistema principal as linhas Expresso, Direta (Ligeirinho), Interbairros, Troncais, Alimentadoras, Convencionais e Circular, divididas em três lotes. No total, é previsto o atendimento, em dias úteis, de 1.836.704 passageiros, com uma frota operante de 1.399 ônibus. A frota total tem 2.372 ônibus. O sistema tem 21 terminais e 315 estações-tubo.
A licitação prevê outorga de concessão de R$ 252 milhões, com prazo de concessão de 15 anos renováveis por mais dez anos desde que sejam feitos investimentos relevantes em bens reversíveis ao sistema de transporte coletivo de Curitiba.
Entre as obrigações das empresas constam a melhoria da velocidade média operacional; maior conforto aos passageiros; busca de inovações tecnológicas priorizando o meio ambiente e o bem estar do usuário; capacitação de seus funcionários; até 2012, 10% da frota deverá rodar com 100% de biocombustível; e de seguro de vida para os passageiros que usarem o transporte coletivo.
Dentro do novo sistema, o metro quadrado por passageiro dentro dos ônibus aumentará de 6 para 8. Outra novidade é a criação de um serviço especial para atender pessoas com dificuldade de locomoção, como obesos mórbidos e deficientes físicos.
"A Urbs colocará dois ônibus por Regional para buscar em casa e transportar até um terminal mais próximo passageiros que se enquadram nessa categoria de atendimento especial", disse o diretor de Transporte da Urbs, Fernando Ghignone, presidente da Comissão de Licitação.
O presidente da Câmara Municipal, vereador João Cláudio Derosso, destacou a iniciativa da licitação. "Mais uma vez Curitiba é referência. Muitas outras capitais que ainda não fizeram suas licitações estão buscando aqui o modelo", disse Derosso.
O vereador Mario Celso Cunha, líder do governo municipal na Câmara, destacou o processo participativo da licitação do transporte. "Foi um processo que começou com criação de uma Comissão de Estudos Tarifários, com participação de segmentos representativos da sociedade como Câmara de Vereadores, Ordem dos Advogados do Brasil, Ministério Público além de instituições sindicais e audiências públicas", disse Mario Celso.
Participaram do evento de homologação da licitação do transporte os vereadores Jair Cezar e Jairo Marcelino e todos os secretários municipais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário