quinta-feira, 3 de junho de 2010

Curitiba: Passageiros aprovam bilhetagem por tempo




Após dois meses de implantação, o sistema de bilhetagem temporária entre a linha de ônibus Vila Velha/Buriti e a estação-tubo Santa Quitéria é visto como um sucesso pela Urbanização de Curitiba (Urbs), empresa responsável pelo gerenciamento do transporte coletivo na cidade, e por moradores da região. Com o novo sistema, a população tem 60 minutos para descer da linha Vila Velha/Buriti e embarcar no tubo Santa Quitéria, deixando de pagar nova passagem para usar a Rede Integrada de Transportes (RIT). No Santa Qui té ria, a falta de espaço físico da região inviabiliza a construção de um terminal, obrigando a Urbs a adotar um procedimento diferente.

Tecnicamente conhecido como integração temporal matricial, feita por cartão, com tempo determinado e localizada, o sistema é usado cerca de 500 vezes por dia, atingindo a demanda esperada pela Urbs. Programado para ser testado ainda em 2009, o sistema foi implantado em 29 de março deste ano e pode beneficiar até 160 mil pessoas da região. Os principais benefícios são sentidos no bolso e no relógio. “Está funcionando muito bem, consigo economizar R$ 4,40 por dia e ganho uma hora. Antes, para pagar uma passagem, precisava ir ao Terminal do Fazendinha”, relata o estudante Kelwin Kriguer Lopes, 16 anos.

“Antes, eu teria de descer na Rui Barbosa e pegar outro ônibus, pagando mais uma passagem. Agora, consigo fazer a integração com uma só”, afirma o técnico em informática Alberto Rodolfo Fer reira, 51 anos. “Desde que começou, está quase tudo ótimo. A única reclamação é de que o sistema não funciona aos domingos”, afirma o segurança Marcelo Araújo, 39 anos. De acordo com a Urbs, a im possibilidade de realizar a integração aos domingos se deve à tarifa domingueira, que é de R$ 1. Por tanto, pagar duas passagens sairia mais barato do que usar o cartão-transporte ao custo de R$ 2,20.

Com a avaliação positiva, a Urbs pretende testar a integração en tre tubos na Linha Verde. Até a gosto, a empresa deverá implantar na Estação São Pedro a possibili da de de conexão temporal, permitindo a troca de sentido aos usuários. No futuro, porém ainda sem da ta definida, a integração deverá ser estendida a outros bairros em si tuação semelhante à do Santa Qui téria, caso do Pilarzinho e Jar dim das Américas. A iniciativa tam bém se transforma em incenti vo para o uso do cartão-transporte em Curitiba e região metropolitana. Sem o cartão é impossível participar da bilhetagem temporária.

Fonte: Gazeta do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário